2010-12-31

Está a chegar o Ano Novo 2011

Votos de um Feliz Ano Novo de 2011.

Miraldino e Família

2010-12-21

Cidade de Portalegre

É para esta cidade que vão estudar alguns dos nossos, e cá quem estuda?

2010-09-21

Confraria do Pão - 2010 - Setembro

“ Uma açorda sem azeite,
Também de seca chamada,
Era carne, pão e leite,
De quem não tinha mais nada.”

I

Neste Alentejo de agricultura
Com as sopas fazem feiras,
Mostrando boas maneiras,
Povo pobre, mas com cultura,
Do pouco se faz fartura,
A sopa de pão se enfeite
Que no prato se deite,
Para matar ao povo a fome,
Por vezes também se come
Uma açorda sem azeite.


II

No Verão se comia gaspacho,
A fome e sede ele ia matar,
O estômago estava a enganar,
Mas assim era um despacho,
Evitando um barbicacho,
Ter a barriga vazia, enganada,
A fome ficava acalmada,
O povo, com a fome sofria,
Comia, açorda de água fria,
Também de seca chamada.









III

Sopa de ossos era tradição,
No tempo das matanças,
Que são nossas lembranças,
De dias sem comparação,
Eram famílias em união,
Hoje não há quem respeite,
A tradição já não é aceite,
Os mais velhos davam a lição,
Assim se recebia uma bênção,
Era carne, pão e leite.

IV

A nossa nova sociedade,
Vive numa feira de vaidades,
Cheia de invejas e maldades,
Está a destruir a comunidade,
Em vez de criar a amizade,
De todos devia ser emanada,
Dos mais velhos foi herdada.
A nossa casa era bom porto,
A família era o conforto,
De quem não tinha mais nada.

Miraldino José Fialho de Sousa
Rua do Almeida, 32 - 1º
100-537 Estremoz
Data de nascimento: 23-09-1957

2010-09-10

Ponto de situação - actual

Não é meu, mas gostei.

“ Vivi no Estado Novo, sobrevivi ao Estado Revolucionário, vivo no Estado a que isto chegou “

2010-08-25

Morreu a actriz Maria Dulce

A actriz Maria Dulce, 73 anos, morreu hoje de manhã na sua casa.



1994)fez de Zulmira - Os Andrades. Ainda hoje revejo esta série.


GENERIQUE : OS ANDRADES
Enviado por artemis181. - Veja outros filmes e emissoras de televisão em video

Bonecos de Santo Aleixo 2

Bonecos de Santo Aleixo




O melhor de nós: Bonecos de Santo Aleixo fazem parte das memórias de gerações de portugueses

Festas de Santo Aleixo - na TV Elvas



Aos jovens de Santo Aleixo que organizaram a festa os meus parabéns.
Pelo que fui ouvindo e falando com as pessoas, todas gostaram.
Tiverem em atenção os vários públicos, os mais jovens e os menos jovens.
Ao pessoal da comissão de festas fomos ouvindo alguns desabafos, em relação aos que deles falavam mal, foram corajosos e continuaram, assim deram uma lição a todos nós.

2010-08-02

Publicado no Jornal E - Estremoz

Estou a servir o estado desde 1978 e cada vez que apareceu uma crise, foi sempre falada como primeira hipótese, a diminuição dos ordenados dos funcionários públicos e agentes do estado.
Nos anos 80, com o Partido Socialista no Governo, era Primeiro Ministro o Dr. Mário Soares que por obrigação do Fundo Monetário Internacional, a Portugal foi imposta a execução de uma medida, obrigando os funcionários públicos a fazer poupança.
Porque será que mais uma vez pela mão do Partido Socialista, por imposição externa, poderá aparecer de novo a medida que obriga os funcionários públicos a fazer poupança. E os outros?
Vou comparar o Governo do País com o governo de uma casa: seria muito triste se recebesse ordens dos meus vizinhos. Pela segunda vez com o Partido Socialista podem vir os nossos vizinhos dar ordem ao nosso orçamento.
Durante os últimos anos, o Partido Socialista desmantelou a agricultura e as pescas, estamos dependentes e assim é mais fácil recebermos ordens.
A medida de utilizar os certificados de aforro, não produz diminuição de despesa, pelo que me parece não ter muita utilidade para o Programa de Estabilidade e Crescimento, só adia a saída real do dinheiro.
Esta medida a meu ver só tem um mérito que é o de voltar a incentivar a poupança. Nos últimos anos, o Partido Socialista promoveu a despesa, incentivando os portugueses a comprar (a crédito), a irem de férias (a crédito), a comprar carro (a crédito), a estudar (a crédito), etc..
Criou-se assim um hábito de consumo e a Banca foi quem mais beneficiou disso. Que fez ela aos lucros?
Ainda sou do tempo em que a banca pagava juros nas contas à ordem e que valia a pena ter dinheiro a prazo, hoje das contas à ordem nem um cêntimo.
Espero que o meu PSD venha a ser governo, para por as contas públicas em ordem.
Com muita tristeza o digo, temos que reaprender a poupar. Não sei é se esta medida será a mais correcta, porque só atinge uma parte dos portugueses.
Boas Férias.

2010-06-07

Brasão dos Souzas




Origem
A origem do sobrenome encontra-se numa antiga família de Portugal, que teve origem nos reis visigodos, como deduzem os genealogistas em gerações seguidas até o primeiro do apelido, que foi D. Egas Gomes de Souza, nascido em 1035 e que o tomou de suas Terras de Souza. Foi ainda senhor de Novelas e Felgueiras, governador da comarca de Entre Douro e Minho e valente batalhador. Recebeu-se com Dona Châmoa Gomes, chamada Gontinha (ou Goncinha) Gonçalves, filha de D. Gonçalo Trastamires de Maia e de D. Mécia Rodrigues e trineta de D. Ramiro II, Rei de Leão. Deste matrimónio nasceram filhos que continuaram o apelido de Souza.

Alguns dados.

Dona Maria Pais Ribeiro, senhora da Casa de Souza, casou com D. Afonso Dinis, filho ilegítimo de D. Afonso III, e de Dona Maria Peres de Enxara, dando princípio ao ramo dos Souza, Senhores de Arronches.

Nos finais de 1900, alterou-se o nome para Sousa.

Brasão

2010-05-20

Décimas

“Acabaram as revoluções.
A situação melhorou.
Portugal é um brinquinho
Desde que este Governo entrou.”
Hermínio Babau
I
Portugal é hoje uma Nação,
Que iniciou num reinado,
Por D. Afonso, governado,
E não foi necessário eleição,
Fez-se de batalhas e emoção,
Com vivas e aclamações,
No meio de atrapalhações,
Mãe e filho se davam mal,
Assim nasceu Portugal,
Acabaram as revoluções.
II
Portugal foi crescendo,
Quatro dinastia passaram,
D. Carlos assassinaram,
Foi um crime horrendo,
A dor foi esmorecendo.
A República assim entrou,
E o governo o Povo aprovou,
Alterou modo de governar,
Um governo mais popular
A situação melhorou.



III
Os tempos foram mudando,
Até que apareceu a Ditadura,
A vida nessa época era dura,
P´lo Ultramar se foi lutando,
P´ra sobreviver matando,
Era um viver fraquinho,
Tourada, futebol e vinho.
A revolução a todos chegou,
A guerra assim terminou,
Portugal é um brinquinho.


IV
Presidente e governantes,
Vamos elegendo, votando.
A todos vamos governando,
Voltou tudo como era dantes,
Sempre os mesmos pagantes,
O nosso ordenado já berrou,
Este governo já o tirou,
Andamos a contar os cobres,
Cada vez estamos mais pobres,
Desde que este Governo entrou.

Miraldino José Filho de Sousa - 2010-05-15

2010-04-21

I Encontro de Bloggers, Webmasters e Facebookers do Concelho de Estremoz

Numa iniciativa da Associação Filatélica Alentejana e com o apoio dos membros do blogue colectivo ESTREMOZ NET, tem lugar em Estremoz, no próximo dia 29 de Maio de 2010 (sábado), no Hotel Imperador, em Estremoz, o I Encontro de Bloggers, Webmasters e Facebookers do Concelho de Estremoz.
O Encontro visa o convívio entre todos aqueles que duma forma ou de outra, utilizam a comunicação “on line”.
O Encontro será iniciado pelas 10 h 30 min, por uma reflexão-debate centrada em problemáticas suscitadas pela comunicação “on line”, tais como:
- Liberdade versus responsabilidade;
- Anonimato e Identificação;
- Ética da comunicação;
- Propriedade Intelectual.
Para o efeito foram convidadas personalidades de âmbito nacional, que animarão o debate.
Pelas 13 horas terá lugar o almoço, aberto à participação de Bloggers, Webmasters e Facebookers do Concelho de Estremoz, bem como a seus convidados ou familiares. Ao almoço seguir-se-há animação cultural.
A participação no Encontro e no almoço faz-se mediante preenchimento de um impresso de inscrição e pagamento de 20 euros por pessoa.
Só serão consideradas as inscrições entradas até o dia 22 de Maio, acompanhadas do respectivo pagamento, o que pode ser efectuado por um dos processos referidos no Regulamento do Encontro.
O telefone e email da Comissão Organizadora são os seguintes:


Telefone 937 274 775 (Hernâni Matos)
afaestremoz@gmail.com


Postado por
Hernâni Matos

2010-04-18

PREMATURO

PREMATURO

por Lionel Henriquez [Lionel ]

2010-03-09


Un pensamiento al viento
se encarna en una ausencia
de sus ojos y esencia
al fijarse un momento.

Fue su vida un fragmento
quedando en evidencia
la infantil inocencia
en oscuro aposento.

Promesas alumbradas
entre el cielo y sus ojos
por farol de una esquina.

Con últimas miradas
al panteón con cerrojos
voló la golondrina.

2010-04-16

José Palmeiro da Costa

Em meu nome pessoal, ao Partido Socialista de Estremoz e à família do Sr José Costa,as minhas mais sentidas condolências.

2010-04-01

Os Bonecos de Santo Aleixo

Os Bonecos de Santo Aleixo, propriedade do Centro Cultural de Évora, são manipulados por uma “família”, constituída por actores profissionais, que garantem a permanência do espectáculo, assegurando assim a continuidade desta expressão artística alentejana.

Conhecidos e apreciados em todo o país, com frequentes deslocações aos locais onde tradicionalmente se realizava o espectáculo, os Bonecos de Santo Aleixo participaram também em muitos certames internacionais (Espanha, Bélgica, Holanda, Inglaterra, Grécia, Moçambique, Alemanha, Macau, China, Índia, Tailândia, Brasil, Rússia, México e França) e foram anfitriões da Bienal Internacional de Marionetas de Évora que se realiza desde 1987.

Os Bonecos originais, assim como o restante espólio adquirido a Mestre Talhinhas estão expostos no Teatro Garcia de Resende, enquanto esperam a criação do Museu dos Bonecos, integrado na rede museológica da cidade.

As réplicas actualmente utilizadas nos espectáculos foram fielmente reproduzidas com a preciosa colaboração de Joaquim Rolo, artesão da Aldeia da Glória e velho amigo da família Talhinhas.

A pesquisa de textos foi assegurada por Alexandre Passos que, acompanhado por Manuel da Costa Dias, garantiu também a recolha do reportório na primeira fase. A partir da fixação da nova “família” dos Bonecos, a conclusão da recolha foi assegurada pelos actores que a constituem.

O espectáculo desenrola-se num retábulo, construído em madeira e tecidos floridos, o qual reproduz um palco tradicional em miniatura com pano de boca, em que se inclui cenários pintados em papelão e iluminação própria (candeia de azeite). Os bonecos são realizados em madeira e cortiça, medem entre 20 e 40 centímetros de altura e são vestidos com um guarda-roupa que permite, como no teatro naturalista, identificar as personagens da fábula contada. A música (guitarra portuguesa) e as cantigas são executadas ao vivo. Os textos, transmitidos oralmente, resultam de uma fusão entre a cultura popular e a cultura erudita.

2010-03-28

EstremozNet

http://estremoznet.blogspot.com/

Hoje a Net é de facto um novo modelo de comunicação, aderi a ele e vou fazendo algumas tentativas de comunicar através deste meio.
Mas para ser honestos gostava mais do tempo em que à saída do trabalho íamos até a tabernas com os colegas e se convivia. Íamos à bola, à tourada e ao cinema.
Hoje vimos do serviço para a frente de PC, e sozinhos escrevemos. É uma actividade solitária. Eu no meu caso aproveito o serão e com a família vamos falando e lendo o que vai aparecendo na Net.
Miraldino de Sousa


Era um comentário para o Estremoz Net, mas o deu lá erro e não deu para deixar o comentário.

2010-03-09

32 anos ao serviço da Força Aerea - TCOR/PA RITA - Um Alentejano de Elvas.
















http://policia-aerea.blogspot.com/

Estivemos juntos em 1978 na Base 3, era nessa altura Aspirante PA, deu a recruta de Fevereiro de 1978.

Mais tarde estivemos juntos do novo na BA6.


Os meus cumprimentos ao TCOR/PA Rita.

24 MAR 2010 Eventos Aeronáuticos Nacionais em 2010



33º aniversário da Associação de Especialistas da Força Aérea

ABST - Abastecimento Força Aerea

http://www.aefa.pt/index.php?pag=especs&subpg=ABST

Executar procedimentos de aquisição, recepção, aumento à carga, armazenagem, movimentação, distribuição, embalagem, expedição e controlo de material. Identificar, avaliar o estado e classificar material aeronáutico e de outro tipo. Manter actualizados os respectivos registos de existência. Proceder à inventariação e elaborar propostas de abate de material.

Recordando O meu tempo na PA





2010-01-28

Blog dos Especialistas da Base Aérea nº 12 Guiné 65/74




Saudações.

Estiva na Força Aérea.
Com duas especialidades:

Polícia Aerea e Abastecimentos.

2010-01-10

Feira de Saldos Inverno 2010 Estremoz




A Câmara Municipal de Estremoz informa que nos próximos dias 5, 6 e 7 de Fevereiro irão realizar-se os Saldos de Stocks de Inverno 2010, no Parque de Feiras e Exposições (Pavilhão B).

2010-01-09

Bar Pavilhão Chinês - Lisboa

Inauguração como bar a 18 de Fevereiro de 1986.
O Bar Pavilhão Chinês está localizado numa antiga mercearia do princípio do século XX, mantendo o mesmo nome de origem.
É um bar de grande destaque na cidade de Lisboa e, considerado por muitos como património de relevo da Lisboa romântica. A decoração das cinco salas é composta de milhares de objectos do séc. XVIII a XX de várias artes, como: medalhas, capacetes militares, modelos de aviões, quadros, canecas, bandeiras, bustos, peças únicas de Bordalo Pinheiro, etc., e foi da responsabilidade de Luís Pinto Coelho, também proprietário do bar. Este trouxe a tradição dos bares clássicos, quando ampliou o antigo espaço e recuperou todo o imóvel, incluindo a fachada e os estuques artísticos. O que distingue o Pavilhão Chinês é o seu serviço hoteleiro requintado, os chás puros e os cocktails, todos de confecção artesanal. Desde 1986, ano em que abriu as portas como bar, já foi palco de filmagens, reuniões de congressistas, provas de vinho, entrevistas e inúmeras reportagens sobre Lisboa. Cardoso Pires no seu livro sobre Lisboa escreve “Guardou-lhe o nome de Pavilhão Chinês, respeitou-lhe a fachada, somou-lhe relíquias, sinais das guerras e dos senhores reis, pôs em altar uma colecção de manguitos Zé-povinho (Bordalo, outra vez) e fez-se bar.”


http://barpavilhaochines.blogspot.com/